segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Seu Hamster no Blog.

Olá!

Faz muito tempo que não passo por aqui, o trabalho está complicado!

Pensei em começar a postar as fotos dos Hamsters de vocês, o que acham?!
Se você tem um, dois ou mais Hamsters e tem alguma foto bacana, me envie! Vou postar aqui para todos conhecerem os Hamsters de vocês.

Envie os dados dele! Nome, tipo, idade etc...

minutohamster@hotmail.com

Abs!


terça-feira, 1 de maio de 2012

Informações gerais sobre Hamster Chinês e Sírio.

Abaixo está uma tabela com algumas informações gerais sobre os Hamsters mais conhecidos no Brasil.

Hamster Chinês:
Tempo de vida: 2 - 3 Anos
Maturidade Sexual: 7 - 14 semanas
Cria: Contínua
Gestação: 21 dias
N° de Filhotes: 4-5
Desmame: 21 dias
Peso Adulto (Macho): 30 - 35g
Peso Adulto (Fêmea): 27 - 32g


Hamster Dourado(Sírio):
Tempo de vida: 1,5 - 3 Anos
Maturidade Sexual: Pode variar muito. Entre 4 e 8 semanas.
Cria: Contínua
Gestação: 15 - 18 dias
N° de Filhotes: 4-14
Desmame: 20 - 28 dias
Peso Adulto (Macho): 85 - 130g
Peso Adulto (Fêmea): 95 - 150g

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Alimente bem o seu roedor!


Hoje o post vai além dos Hamsters. Darei dicas de alimentação para pequenos roedores em geral, isso envolve:

Hamster chinês, Dourado (Sírio), Anão Russo, Porquinho da Índia, Chinchila e Coelhos.

- Oferecer todos os dias: Ração Extrusada das seguintes marcas: PET MEAL’S, Alcon e Funny Bunny para Roedores, de 3 a 4 colheres de sopa. (Sempre abastecido)
- Oferecer dia sim, dia não: Ração de Frutas e Legumes Alcon para Roedores.
- Oferecer todos os dias: Feno Seco/Alfafa
- Oferecer todos os dias: Verduras de folhagens verde escura (couve, escarola, brócolis, espinafre, salsinha, cebolinha, talos de cenoura, rabanete...)
- Oferecer dia sim, dia não em pequena quantidade: Legumes (Pimentão Vermelho, rabanete, cenoura, beterraba, jiló, quiabo, nabo, vagens, abobrinha, entre outros)
- Oferecer a cada dois dias em pequena quantidade: Frutas (maçã e frutas secas)

- Água a vontade e fresca.
- Rodent sempre a disposição para roerem.

Boas dicas para alimentação indicada por um veterinário especializado!

Aproveitem!

Abraço.

“Como evitar o mau cheiro na gaiola do meu Hamster?”


Os Hamsters em geral não tem mau cheiro. Eles tem um cheirinho normal que os caracterizam, que não é forte e nem fedido. Assim como os gatos.

As vezes uma gaiola de Hamster pode estar tão fedida que pode empestear a casa toda. Mas isso só vai acontecer se você for muito descuidado.
É preciso, ser dedicado e sempre que possível fazer a limpeza da gaiola do seu bichinho para evitar o mau cheiro e doenças. Existem algumas coisas que você pode utilizar para fazer a higienização da gaiola.

1° - Granulado Higiênico de Pínus
2° - Cama Natural de Celulose
3° - Serragem 

Eu particularmente, prefiro utilizar eles exatamente nesta ordem. O melhor, sem duvida é o Granulado, pode segurar o cheiro do coco e xixi do Hamster em até uma semana. Mas não espere tudo isso para limpar, estabeleça regras de higiene. Quinta e Domingo, são dias de limpeza, por exemplo. Tire todo o granulado utilizado da gaiola e jogue fora. Reabasteça com granulado novo ou algum outro material.

Assim como o granulado, a Cama de Celulose, pode durar até uma semana também, os dois são muito bons. Já a serragem em 24h já está com um cheirinho bem difícil de aguentar.
Por tanto, se for possível, reveze na utilização desse material. Uma semana granulado e celulose, e um dia ou outro utilize a serragem. Eles gostam mais da serragem para dormir e fazer ninho, ela é mais macia e confortável para eles.

Marcas boas para isso:
Granulado – Cães e Gatos (Granulado Higiênico Health Care)
Celulose – Zootekna
Serragem - Cinoteck

Você encontra esses materiais em qualquer pet shop.

sábado, 14 de abril de 2012

"Posso dar banho no meu Hamster?"


A resposta é bem simples: Não! E de nenhuma forma!

Quando esse assunto entra em pauta, é uma discussão terrivel.
As pessoas dizem que o Pet Shop indica isso, que um site não sei de onde fala aquilo, que meu primo faz assado. Enfim!
Dificilmente você vê alguém falando o mais correto: "O veterinário do meu Hamster, que é especializado em animais silvestres e derivados, me indicou tal coisa..."

Por favor donos de Hamsters, procurem um veterinário de confiança!

Já vi em muitos lugares, pessoas dizendo que dão banho com água e sabão neutro em seus Hamsters, inclusive já vi vídeos desses banhos.
Mas provavelmente esses donos de Hamsters, não saibam que os Hamsters se limpam sozinhos e que a água pode tirar a proteção natural dos pêlos, além deles ficarem resfriados, levando-o a morte.

Além do resfriado, a água é a principal transmissora de doenças nesses bichinhos. Eles podem contrair a maioria das doenças através da água.

Também existe aquele pó branco, de banho seco. Não usem! Faz mal!
O Hamster pode lamber o pêlo com pó e se infectar, levando-o a morte! Além de problemas dermatológicos e oculares!
Se o Petshop indicou isso para o seu Hamster, alerte-o sobre o perigo de indicar este tipo de produto à esse animal. Eles podem até funcionar com outros tipos de animais, mas não com os Hamsters.

Você também ouve pessoas dizendo: "Ah que nada! Sempre dei banho com água ou pó no meu Hamster e NUNCA aconteceu nada!"

Parabéns! Dê graças a Deus. Deu sorte!, você e seu Hamster!
Eu posso sair da minha casa todos os dias e dirigir meu carro com os meus pés ou de olhos fechados, e não acontecer nada também. A decisão foi minha, mas se acontecer algo, o culpado sou eu!

O único motivo do Hamster ficar com mau cheiro é o coco e o xixi deles. Façam a limpeza da gaiola regularmente, 2 vezes por semana em caso do uso de granulados ou diariamente se estiver usando a serragem. Assim a gaiola estará sempre limpa, sem coco e sem xixi, e seu Hamster estará sem o mau cheiro!

Portanto, a resposta é simples.
Você pode dar banho em seu Hamster, mas se ele pegar alguma doença por causa da água ou pó, o responsável é você.

Procure um veterinário de confiança para seus animais, esclareça todas as duvidas!

Espero que tenha ajudado!

Abraço!

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Onde compro a gaiola?

Encontrei alguns sites bem bacanas para comprar gaiolas, tem algumas muito legais e não são caras!

Vejam só: 

E as mais conhecidas:
Pet Center Marginal - http://www.petcentermarginal.com.br/

Boas compras!

“Qual gaiola devo comprar para o meu Hamster?”


Gaiolas pequenas, médias, grandes e gigantes, que chegam a ser verdadeiros parques de diversão para os Hamsters! Qual delas devo comprar?

Para criar um Hamster saudável e feliz, existem algumas coisas bem importantes que devem ser levadas em considerações.

Casinha ou Iglu! O Hamster precisa de um cantinho especial para dormir, que o proteja do frio e luz, principalmente do sol. NUNCA deixe seu Hamster a deriva de raios solares, seu metabolismo é muito acelerado e é um animal muito delicado, ele pode morrer em poucas horas por causa do calor do sol.

Água! Seu Hamster vai precisar de água fresca sempre, utilize os bebedouros tipo mamadeira fixo, daqueles que você prende na grade gaiola. Nunca ofereça água em potes como os de comida e troque a água diariamente, não apenas complete o bebedouro.

Comida! Ele sempre deve ter comida à disposição. Os Hamsters não são como os peixes que comem 24h se for possível. Dê preferência à rações para roedores, que são durinhas, eles adoram ficar roendo esse tipo de alimento. Existem potes de plástico, vidro e cerâmica. O de plástico corre o risco deles roerem. Caso você tenha o pote de vidro ou cerâmica, não se esqueça de ter um pote reserva caso algum dia quebre, digo isso por experiência própria, já quebrei um de cerâmica na lavagem dele, por sorte tinha um de plástico de reserva.

Roda! Ter uma rodinha na gaiola do seu Hamster é indispensável. O Hamster tem a necessidade de gastar energia correndo pra lá e pra cá. A rodinha é essencial até mesmo para a saúde dele, para que não fique obeso. Mas preste atenção no tamanho da roda, a maioria das gaiolas já vem com a rodinha presa, porém, as vezes as rodinhas são pequenas demais para o tipo do seu Hamster e quando ele crescer pode prejudicar a coluna dele. Fique atento e repare se o Hamster está correndo com dificuldades ou se ele está com um tamanho desproporcional ao tamanho da roda, se isso acontecer, está na hora trocar a gaiola ou comprar uma nova roda! Por isso sempre escolha uma gaiola com uma roda relativamente grande. Caso você já tenha uma gaiola que a rodinha seja pequena, não tem problema, em lojas de pet ou até mesmo na internet, você encontra rodas separadas a gaiolas para venda.

Brinquedos! Eles adoram um brinquedinho para roer, se esconderem, correr e se enfiarem. Existem gaiolas que já vem com esses tubos para eles andarem e se enfiarem, mas a sua não precisa vir com esses tubos, em lojas você encontra esses mesmos tubos separados para montar. É relativamente caro, se você tiver a chance de escolher uma gaiola que já vem com os tubos, escolha ela! Existe também uma bola de plástico ou acrílico em que você abre, coloca seu Hamster, e fecha! Nela tem alguns buraquinhos para eles respirarem. Eles ficam correndo fora da gaiola. Mas deve tomar cuidado também o tamanho dessas bolas, pelo menos motivo das rodas. Se seu Hamster for grande ou médio, compre uma bola grande para não prejudica-lo. Para eles roerem, utilize aquelas pedras brancas ou as pedras em formato de cenoura. Eles também gostam dos blocos de alfafa, reveze esses três e veja qual o seu Hamster vai gostar mais.

Higiene! Escolha uma gaiola que seja fácil o manuseio da bandeja. Existem opções de o que colocar para o Hamster fazer sua higiene. Existem granulados, pedacinhos de madeira e serragem. Os granulados devem ser trocados no máximo em até 5 dias. Já a serragem, é necessário trocar todos os dias. Eu particularmente prefiro mil vezes o granulado do que a serragem. A serragem deixa, em menos de 24h a casa ou apartamento com MUITO mal cheiro. Mas para deitar e relaxarem os Hamsters a preferem. Por isso na minha gaiola eu utilizo o granulado na bandeja e um pouco de serragem dentro do iglu.

Espaço! O espaço é muito importante. Nunca deixe uma gaiola lotada de Hamsters, até por conta deles não conviverem muito bem uns com os outros, no caso dos Sírios. Em caso de gaiola pequena, você pode ter todos esses itens que estão ai em cima, caso ela seja habitada por apenas um Hamster. Se você quiser criar dois Hamsters na mesma gaiola, descarte as gaiolas pequenas e parta para uma de tamanho médio. Lembrando que no caso dos Sírios é muito perigoso deixa-los juntos, a não ser no caso de um macho e uma fêmea, mas saiba das consequências relacionadas a procriação, que é contínua.

Vamos dar exemplos de boas gaiolas de diferentes tamanhos:

Pequena:

Média:

Grande:

Grande Estilo Castelo:


Gigante:

Última dica! Quando você sair para comprar uma gaiola, você encontrará gaiolas inteiras de grades, inteiras de plástico ou meio a meio, metade plástico e metade grade.
Os Hamsters adoram subir nas grades das gaiolas e se pendurarem, e a parte de plástico os protegem do vento ou corrente de ar. Portanto, tente comprar uma dessas gaiolas metade grade e metade plástico, se não for possível, escolha a inteira grade!

Espero ter ajudado!

Abraço!

terça-feira, 10 de abril de 2012

Rato de rua X Hamster


RATO x HAMSTER

Quando comecei a escrever este post, tive tremendas dificuldades. Tentei encontrar informações em sites especializados para descobrir de qual espécie os Hamsters vinham e então me deparei com um milhão de tipos de Roedores, um zilhão de tipos de raças e espécies. Então resolvi parar, e escrever algo mais sóbrio.

Primeira coisa que posso afirmar é que: Os ratos que vemos nas ruas, em esgotos ou em filmes na mesma situação, NÃO são Hamsters e ponto final! O Hamster é muito mais parecido fisicamente com um esquilo, do que com um desses ratos.

Ainda existem muitas e muitas pessoas que classificam na cabeça delas: “Hamster = Rato de rua!” e isso é muito errado!
Muitas dessas pessoas não pensam assim por maldade, e sim por falta de informação, se você é uma delas e está lendo este post, agora não terá mais desculpas!
Muitas pessoas também pensam que essa espécie de “Rato de rua” já nascem com doenças como a leptospirose por exemplo, e isso não é verdade. Esses animais se escondem em esgotos, reviram lixos, vivem em bueiros e por conta disso, contraem essas doenças, assim como os pombos. E se você pensar bem, quem é que poluí a cidade? Quem joga lixo nas ruas?

Se você levar esses mesmos animais para laboratórios ou criar dentro de casa, eles não terão essas doenças em nenhum momento da vida deles.


Pelo contrário, é muito mais fácil nós passarmos doenças à eles!

Vejam só!

Rato de rua:


Hamster Sírio:


Reparem no tamanho do corpo, tamanho do rabo, textura do pêlo, tamanho das patas...

Enfim, não são apenas características físicas que os diferem! Os dois tipos tem comportamentos totalmente inversos, e comem coisas totalmente diferentes também.
O Hamster é super brincalhão, delicado e capaz de aprender truques.

Confundir um Hamster com um rato de rua, seria a mesma coisa que confundir um gato doméstico com uma pantera ou tigre.

Espero ter esclarecido algumas coisas e ajudado na fama dessas graças!
E antes de terem nojo dos ratos de rua, pensem bem de quem é a culpa deles serem assim!

Abraço! 

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Stress pode causar obesidade em Hamster Sírio.

O que acontece quando um rato ou camundongo é submetido a stress? Param de comer na hora! 

Nós seres humanos, não temos a mesma sorte, não é? Quando sofremos stress não-traumático, geralmente corremos para a geladeira. O mesmo acontece com os Hamsters Sírios. Quando os Sírios são colocados sob stress, eles também engordam.

Para realizar o estudo,  pesquisadores do Centro de Neurociência Comportamental da Universidade Estadual da Georgia, submeteram hamsters pequenos à  condições de "intrusos" na gaiola de hamsters maiores. Isso deixou os hamsters pequenos estressados, e reagiram comendo muito mais que o normal, ganhando muito peso e o pior, na forma de gordura.

No trabalho, os pesquisadores investigam o stress não-traumático, o mesmo tipo que vivenciamos todos os dias, ao pegar um congestionamento por exemplo. Ele é diferente do stress traumático, como a morte de um ente querido. O stress traumático normalmente abate o apetite, até mesmo em humanos. O contrário acontece no stress não-tráumatico, quando sofremos, normalmente procuramos "afogar" as mágoas na comida.

Por isso, cuidado! Tenha bom senso e cuidado com seu bichinho, não o mal trate, não o assuste e nem deixe em situações estressantes! Além de deixa-lo abalado, pode causar obesidade. 

Você não quer ver seu Hamster com uma péssima saúde, certo?

Abs!